Suspeitos de integrar facção criminosa nacional são detidos na Paraíba





Quatro suspeitos foram presos e um adolescente apreendido na segunda fase da Operação Flashback, que foi deflagrada desde as primeiras horas desta terça-feira (28) na Paraíba e em outros dez estados.


Os mandados de prisão e busca e apreensão foram cumpridos pelas equipes da Polícia Militar e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), nas cidades de Santa Rita, Sapé e na Penitenciária Desembargador Sílvio Porto, em João Pessoa.

Todos os presos têm 36 anos e foram alvos de mandados de prisão temporária pelo crime de tráfico de drogas, expedidos pela 17ª Vara Criminal de Maceió, em Alagoas. O adolescente apreendido tem 15 anos e estava com uma arma que, segundo ele, teria sido usada no assassinato do familiar de um integrante de outra organização criminosa. Nas buscas, quatro celulares foram apreendidos para passarem por perícia, com o intuito de desvendar a participação de outros criminosos.

O promotor de Justiça Manoel Cacimiro, do Gaeco/PB, disse que os presos na Paraíba teriam participação relevante na organização criminosa. “Os presos aqui na Paraíba possuíam voz de comando e participação relevante na organização criminosa, que parte do estado do Mato Grosso do Sul. Isso será aprofundado nas investigações que começaram em Alagoas, durante a Operação Flashback I, que detectou a existência de núcleos da organização criminosa em outros estados, inclusive aqui no nosso. Foi um trabalho exitoso aqui do Gaeco, Bope e Gate da Polícia Militar da Paraíba nesta operação que foi articulada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, através da Secretaria de Operações Integradas (Seopi), do Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC) e Polícia Federal, em parceria com os Gaecos (MP) de 11 estados.

O tenente-coronel Otávio Ferreira, do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar da Paraíba, destacou que a operação continua. “Nas primeiras horas de hoje, cumprimos o primeiro mandado em Santa Rita, onde também foi apreendido um adolescente com uma arma. Depois, foram dois mandados dentro do presídio Silvio Porto. E agora no fim da manhã mais um mandado cumprido em Sapé. Temos outros alvos ainda, por isso a operação continua”, disse.

Na Operação, realizada em 11 cidades de quatro regiões do país, são mais de 200 alvos. O objetivo final é desarticular os principais núcleos de atuação da organização criminosa no país.
Parlamentopb

18:40
28/07/2020

clickmonteiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário