EUA ampliaram uso da cloroquina, avalia Bolsonaro






O presidente Jair Bolsonaro afirmou, nesta terça-feira (16), que os Estados Unidos não proibiram o uso da cloroquina e da hidroxicloroquina no tratamento da Covid-19. Segundo Bolsonaro, o que o país fez foi “ampliar o alcance do tratamento” com o fármaco.


– Ao contrário do que foi noticiado pela mídia brasileira, a utilização da hidroxicloroquina não foi abolida nos EUA. A retirada do status de ‘uso emergencial hospitalar’ da hidroxicloroquina pela FDA (ANVISA Americana) nada mais é do que uma autorização para o uso em qualquer ambiente, inclusive em casa, desde que receitada por um médico. A medida amplia o alcance do tratamento com hidroxicloroquina – apontou.

Nesta semana, a FDA (Food and Drug Administration, em inglês) tirou o status de tratamento emergencial com a cloroquina para os casos mais graves da Covid-19. A permissão havia sido dada ainda no início da pandemia, após um pedido de urgência do presidente Donald Trump.

Na ocasião, o órgão determinou que o fármaco fosse usado apenas para pacientes com quadros mais graves e internados em hospital. O medicamento ainda deveria ser administrado por um profissional de saúde.

No comunicado informando sobre a suspensão do tratamento em casos graves, a FDA afirmou que tomou a decisão coma base em novas informações e uma reavaliação de dados obtidos ao longo do tratamento.
pleno.news


19:35
16/06/2020

clickmonteiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário