Suspeito de furtar sacos de cimento é agredido com pedaços de madeira, na PB






Um homem suspeito de furtar sacos de cimento em Cajazeiras, no Sertão da Paraíba, foi espancado por um grupo de quatro pessoas. O delegado Glauber Fontes, responsável pela investigação, informou nesta quarta-feira (27) que a agressão aconteceu nesta semana, mas ainda não é possível precisar em qual dia.


O espancamento foi gravado através de um celular e as cenas foram compartilhadas em um aplicativo de mensagens e redes sociais.

As imagens, cedidas ao G1 pela Polícia Civil, mostram o momento em que pessoas observam quando o jovem carrega um saco de cimento, que teria sido furtado por ele, enquanto é espancado por outros dois homens que usam pedaços de madeira.

Enquanto era agredida, a vítima chegou a cair. Com ele no chão, as agressões continuaram com chutes e socos na cabeça, nos braços e nas costas.

Glauber Fontes compara as cenas com momentos vividos durante a Idade Média, quando “a justiça era feita de modo desproporcional e com as próprias mãos”, destacou.

O delegado informou que a vítima não chegou a fazer uma denúncia oficial e que a polícia soube do crime através de redes sociais. Um inquérito foi aberto para investigar o caso. Ainda de acordo com ele, os suspeitos podem ser autuados pelo crime de tortura.
G1Pb

20:55
27/11/2019

clickmonteiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário