Rússia já multou em R$220 milhões empresa dona do navio que jogou óleo no mar




PF aponta navio grego BOUBOULINA como responsável pelo petróleo no mar

A Delta Tankers, empresa proprietária e operadora do navio que seria responsável pelo derramamento de petróleo próximo à costa brasileira, já se envolveu em outra polêmica que culminou no pagamento de multa de cerca de R$ 220 milhões (US$ 54 milhões).


O navio petroleiro Delta Pioneer se chocou contra o cais de ancoragem no porto de Primorsk, próximo a São Petersburgo, na Rússia, causando danos milionários. 

O choque do navio grego no porto russo foi em novembro de 2016. As autoridades russas tiveram de apelar à Justiça para receber a multa.

Corte arbitral russa resolveu o caso em 2017. A tripulação do Delta Pioneer foi julgada culpada por estar acima da velocidade permitida.

As empresas gregas alegaram que as amarras do navio quebraram e disseram à época que o processo na justiça era “pirataria” russa.
Diário do Poder

19:50
04/11/2019

clickmonteiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário