Homem é preso ao tentar comprar R$ 6 mil em mercadorias com cartão clonado de juiz



O homem havia comprado vários utensílios domésticos, como geladeira e
fogão e tentava retirar a mercadoria (Foto: Reprodução/Márcio Rangel)


Um homem foi preso na manhã deste sábado (14) em Campina Grande suspeito de clonar o cartão de crédito do juiz Gustavo Lira, que atualmente é o diretor do Fórum Afonso Campos. O jovem, de 25 anos, seria filho de um advogado da cidade e foi preso em flagrante quando tentava fazer uma compra no valor de R$ 6 mil.


De acordo com informações policiais levantadas pelo Blogo do Márcio Rangel, Caio Matheus foi detido dentro da loja Carajás, localizada na avenida Assis Chateaubriand, no bairro da Liberdade. Ele havia comprado vários utensílios domésticos, como geladeira e fogão e tentava retirar a mercadoria.

Os atendentes da loja teriam desconfiado do rapaz e acionaram a polícia. Depois que foi constatada a tentativa de fraude, o rapaz foi detido pela Polícia Militar e encaminhado até a Central de Polícia Civil para prestar depoimento na Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio.

O juiz alvo da clonagem do cartão informou que desde o dia 5 de setembro estavam sendo feitas transações comerciais estranhas ao seu uso.
ClickPb

20:03
14/09/2019

clickmonteiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário