Sobe para três o número de mortos após batida entre carro e motocicletas na BR-153





Morreu na tarde desta terça-feira (30) a terceira vítima do acidente entre um carro de passeio e motocicletas na BR-153, perto de Cariri do Tocantins, no sul do estado. Maria Betânia dos Santos Quirino estava na garupa de uma das motos atingidas e morreu no Hospital Regional de Gurupi. O corpo dela será levado ao Instituto Médico Legal (IML).


O acidente aconteceu durante a manhã e a motorista do carro envolvido contou que fazia uma ultrapassagem e não deu tempo de desviar dos veículos. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os condutores também tentaram jogar as motocicletas para o mesmo sentido e a batida não foi evitada.


Maria Betânia tinha sido levada para o hospital com ferimentos graves junto com Manoel Bezerra Torres, que conduzia a moto. Além dela, um casal morreu ainda no local do acidente. Eles são de Paraíba e foram identificados como Manoel Ailton Vieira, de 55 anos, e Maria Emília Sarnento Ferreira, de 52 anos.

Manoel Bezerra Torres sofreu fraturas nos dois punhos e continua internado no hospital.

O acidente
Uma batida frontal envolvendo duas motos e um carro de passeio deixou três pessoas mortas. As vítimas estavam em um comboio de motocicletas e participavam de um clube. Em cada uma das motos atingidas havia um casal. Um deles morreu no local e o outro casal foi levado em estado grave para o Hospital Regional de Gurupi.

Os motoqueiros se encontraram em Brasília (DF) e tinham como destino a cidade de Carolina (MA). Um integrante que conduzia uma moto atrás do comboio disse que ouviu o barulho da batida.

A colisão deixou os veículos destruídos e a pista ficou interditada nos dois sentidos. Um engarrafamento de 10 quilômetros se formou rapidamente.
g1.globo.com

20:30
30/07/2019

clickmonteiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário