Condenadas por tentar entrar em presídio com drogas nas sandálias



Cocaína e maconha estavam dentro dos chinelos. Foto:Sindapen.


Thayná Sthefane Silva dos Santos, Érica Paes Alexandre e Ana Cristina da Silva foram presas em janeiro deste ano quando tentavam entrar no Presídio de Segurança Máxima de Maceió levando maconha e cocaína em suas sandálias. Pelo crime, as três foram condenadas pelo juiz Antônio José Bittencourt, da 11ª Vara Criminal de Maceió.


A condenação por tráfico de drogas foi divulgada no Diário da Justiça Eletrônica desta segunda-feira (15). De acordo com os autos, a agente penitenciária responsável pela revista no dia 12 de janeiro de 2019, percebeu que a sandália tipo Havaianas pertencente a Thayná estava com a espessura maior que o normal.

Thayná Sthefane assumiu que levava as substâncias para o companheiro e acabou entregando que Érica Paes também estava com drogas. Érica Paes afirmou que recebeu as sandálias de Ana Cristina, que confessou ter repassado os calçados. Ao todo, foram apreendidas 25 gramas de maconha e 3 gramas de cocaína.

As penas
Pelo crime, Ana Cristina deve cumprir pena de 5 anos e 10 meses de reclusão, em regime inicialmente semiaberto. As penas de Érica e Thayná foram estabelecidas em um ano, 11 meses e 10 dias, no entanto, foram substituídas por prestação de serviços à comunidade e obrigação de “recolher-se à Casa do Albergado ou outro estabelecimento adequado, aos sábados e domingos, por cinco horas diárias, em horários estabelecidos pelo Juiz da execução”.
op9.com.br

21:20
15/07/2019

clickmonteiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário