Bope é acionado para conter motim e fazer revista no Lar do Garoto


A polícia foi chamada e deu-se início a uma revista em toda a unidade.
(Foto: Reprodução/Assessoria)

Policiais militares do 10° BPM (Batalhão de Polícia Militar) e do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) foram acionadas na tarde desta terça-feira (04) para conter um princípio de motim dentro do Lar do Garoto, em Lagoa Seca, na Paraíba. O tumulto teria começado com uma batida de grades generalizada na unidade. A polícia foi chamada e deu-se início a uma revista em toda a unidade.
  

O presidente da Fundac, Noaldo Meireles, disse ao Portal ClickPB que os internos em um dos quartos começaram a bater as grades. A direção da unidade conversou com os jovens, mas quando saiu, eles começaram a bater novamente e outros quartos imitaram o ato. 

Noaldo Meireles disse que não houve nenhuma nova restrição ou motivo para deixar os internos insatisfeitos, e acredita que o movimento é motivado pelos festejos juninos. "Normalmente, como sexta-feira começa o São João em Campina Grande, a gente tem esse tipo de problema lá, os ânimos ficam bem exaltados devido ao período junino. Chegam os informes das bandas que vão tocar, sobre as festas, e isso provoca muito atrito dentro das unidades", explicou Noaldo. Segundo ele, por causa dessa proximidade do São João, havia uma revista preventiva agendada para quinta-feira.
ClickPb

19:45
04/06/2019

clickmonteiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário