Suíça devolveu mais de R$ 1,1 bilhão ao Brasil em investigações da Lava Jato, diz relatório de país europeu





Um relatório da Procuradoria-Geral da Suíça divulgado nesta segunda-feira (29) detalhou que o país europeu devolveu mais de 300 milhões de francos suíços ao Brasil até o final de 2018 por causa de investigações relativas à Operação Lava Jato. O valor corresponde a mais de R$ 1,1 bilhão.


O documento, que é um balanço anual das atividades dos procuradores suíços, informa que as investigações que envolvem a Petrobras e a Odebrecht continuarão sendo uma prioridade do órgão ao longo de 2019.

A operação na Suíça entrou em uma terceira fase. Nas duas primeiras foram investigadas pessoas que receberam e pagaram propina. Agora, os procuradores suíços querem descobrir qual a participação dos funcionários e empresas do país no esquema.

Em 2018, segundo o relatório, dois processos foram abertos contra instituições financeiras da Suíça.

O documento cita que uma das sedes da Procuradoria-Geral da Suíça, na cidade de Lugano, 75% dos trabalhos são relacionados à Petrobras e ações de colaboração com o Brasil.

A Operação Lava Jato tem acordo com 60 países e a Suíça é o principal deles.

G1 

20:14
29/04/2019

clickmonteiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário