Pastor paraibano está entre mortos do desabamento de prédio no Rio de Janeiro





O pastor paraibano Cláudio Rodrigues está entre os mortos do desabamento dos prédios no Rio de Janeiro nesta sexta-feira (12). Natural do município de Serra Branca, o pastor de 42 anos morava desde a infância no Rio e estava há uma semana no prédio que desabou.


Tia da vítima, a jornalista Leila Oliveira afirmou que Cláudio chegou a ser socorrido e levado a um hospital, mas sofreu várias paradas cardíacas e não resistiu aos ferimentos. A esposa e a filha do paraibano também estavam no prédio no momento da queda.

Segundo Leila, Adilma Rodrigues, esposa de Cláudio, passou por procedimento cirúrgicos e tem quadro clínico considerado grave. Já a filha do casal, Clara Rodrigues, quebrou uma perna mas tem o estado de saúde estável. A jornalista reside em João Pessoa, mas tem se comunicado com os familiares que estão no Rio.

Ela contou que sua irmã, mãe de Cláudio, foi para o estado carioca desde os anos 70 com os quatro filhos. Lá, eles têm uma padaria e uma igreja evangélica, onde o paraibano trabalhava como pastor.

“É muita tristeza, estamos arrasados, é muito triste. Já choramos muito”, desabafou. De acordo com Leila, os pais de Cláudia vivem no Rio de Janeiro e têm a saúde delicada. A mãe de Cláudio sofreu recentemente um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Além de Cláudio e sua esposa serem vítimas da tragédia, outros quatro paraibanos estão desaparecidos após desabamento de dois prédios na comunidade de Muzema, no Rio de Janeiro, nesta sexta-feira (12). Jeferson Trajano, de 28 anos, sua esposa, identificada por Carla, de 30 anos, e dois filhos de seis e quatro anos ainda são procurados nos escombros do prédio onde moravam.

MaisPB 

20:25
12/04/2019

clickmonteiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário