Lava Jato intima Lula a depor sobre delação de Palocci






Lula foi intimado a depor no dia 22 de março em inquérito da Polícia Federal (PF) embasado nas delações premiadas de Palocci e da Odebrecht.
Em delação à Polícia Federal, o ex-ministro dos governos petistas, Antônio Palocci, afirmou ter feito entregas de dinheiro vivo ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.


No depoimento prestado ano passado, Palocci afirmou ter repassado “em oportunidades diversas” R$ 30 mil, R$ 40 mil, R$ 50 mil e R$ 80 mil em espécie para o próprio Lula.

Palocci detalhou duas entregas de dinheiro a Lula, uma no Terminal da Aeronáutica, em Brasília, no valor de R$ 50 mil, “escondidos dentro de uma caixa de celular”.

A outra entrega teria ocorrido em Congonhas. Ele contou que se recorda de que a caminho do aeroporto “recebeu constantes chamadas telefônicas de Lula cobrando a entrega”.

O ex-ministro também narrou à PF que Lula tinha uma conta corrente de propinas com a Odebrecht de R$ 300 milhões e afirmou que o presidiário tinha um “pacto de sangue” com o patriarca Emílio Odebrecht.
TARCISO MORAISFundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

 18:13
27/02/2019

clickmonteiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário