Adolescente é morto na mesma escadaria no Recife onde matou amigo com tiro acidental


Caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP)
Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press

Um adolescente de 15 anos foi morto a tiros no Brejo da Guabiraba, na Zona Norte do Recife. Segundo a Polícia Civil, João Vitor Silva do Nascimento foi assassinado na mesma escadaria onde, em junho de 2018, matou um amigo, também menor de idade, com um disparo acidental de espingarda artesanal.


A polícia informou que um inquérito foi instaurado para apurar a autoria e a motivação do assassinato de João Vitor. Segundo testemunhas, quatro pessoas são suspeitas do crime. Elas perseguiram a vítima e efetuaram vários disparos de arma de fogo.

O crime, que é investigado pelo Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), ocorreu na segunda-feira (7) e foi divulgado pela polícia nesta quarta-feira (9).

Apesar do mesmo local das duas mortes, a polícia afirmou que não há conexão entre o caso ocorrido em 2018 e o assassinato de João Vitor.

Em depoimento à polícia, a irmã de João Vitor, que não teve o nome divulgado, disse que o jovem não tinha envolvimento com o tráfico de drogas e que cumpria medida socioeducativa por causa do ato infracional análogo a homicídio culposo.

Disparo acidental
No dia 29 de junho de 2018, Carlos William dos Santos, de 16 anos, morreu depois de ser atingido na cabeça por um tiro acidental de uma espingarda artesanal, disparado por João Vitor, amigo dele, durante uma brincadeira.

O caso ocorreu nas escadarias da Rua Rosal, perto da casa da vítima. Carlos foi levado para o Hospital da Restauração, no Derby, na área central do Recife, mas não resistiu aos ferimentos.
G1Pe

20:47
09/01/82019

clickmonteiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário