Agentes penitenciários que passaram no concurso da Polícia Civil estão voltando ao Sispen





Agentes penitenciários que passaram no concurso da Polícia Civil da Paraíba estão desistindo de seguir carreira na PC e retornando para o sistema prisional. Somente em Campina Grande, pelo menos dois profissionais já pediram baixa na polícia investigativa e voltaram às suas funções no presídio.


De acordo com um agente que pediu para não ter o nome publicado, o motivo de sua decisão foi a falta de perspectivas na Polícia Civil e as desvantagens verificadas nesta corporação, em relação ao trabalho nas penitenciárias.

– No sistema penitenciário, a escala é de 24 horas trabalhadas por 72 horas de folga, ou seja, você trabalha um dia e folga três. Já a Polícia Civil segue o horário de expediente, de segunda a sexta-feira, manhã e tarde. E às vezes, à noite e nos finais de semana, dependendo de cada situação. E o mais crucial de tudo: o salário é praticamente o mesmo nas duas instituições. Então, não tem nem o que pensar – disse o agente.

Ele frisou ainda que o Plano de Cargos dos profissionais do sistema prisional estaria “bem encaminhado”, o que pode ser, segundo ele, mais uma vantagem em relação à PC.
paraíbaemQAP

21:35
11/12/2018

clickmonteiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário