Tiroteio deixa vítimas perto de sinagoga de Pittsburgh, nos EUA





Um tiroteio perto de uma sinagoga foi relatado pela polícia de Pittsburgh, na Pensilvânia (EUA), na manhã deste sábado (27), informa a agência Associated Press.



 Pelo menos três oficiais foram baleados no ataque, segundo a agência. A rede CNN fala em quatro mortos. Nenhum número, porém, foi divulgado oficialmente - autoridades dizem que há "várias vítimas". Um suspeito foi preso.


O governador da Pensilvânia, Tom Wolf, disse no Twitter que detalhes sobre o caso ainda estão sendo apurados. "É uma situação séria", escreveu. Ele classificou o tiroteio como uma "tragédia absoluta".


O presidente Donald Trump também tuitou sobre o episódio. "As pessoas em Squirrel Hill devem permanecer protegidas. Parece que há várias fatalidades. Cuidado com o atirador. Deus abençoe todos."


O comandante Jason Lando disse a repórteres que a troca de tiros ocorreu perto da sinagoga Tree of Life, no bairro de Squirrel Hill, no leste da cidade.

Ele recomendou que as pessoas se abriguem e relatem qualquer atividade incomum no local. "Não saia da sua casa agora, não é seguro", afirmou, segundo a Reuters.



O prefeito de Pittsburgh, Bill Peduto, também disse que todos os moradores do bairro devem permanecer dentro de suas casas até novo aviso.

Imagens da TV local mostraram a polícia na área com rifles e usando capacetes e outros equipamentos táticos. Os paramédicos também aparecem estacionados perto da sinagoga. Viaturas bloquearam algumas ruas da região.



A sinagoga está localizada na interseção das avenidas Wilkins e Shady. O bairro residencial de Squirrel Hill fica a cerca de 10 minutos do centro de Pittsburgh e é o centro da comunidade judaica da cidade.
G1

19:35
27/10/2018

clickmonteiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário