INSS vai bloquear cobranças indevidas de empréstimo consignado


A decisão do órgão deve beneficiar os mais de 34 milhões de aposentados
 e pensionistas do Brasil (Arquivo/Agência Brasil)

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) publicou nesta quarta-feira 5 uma resolução que vai beneficiar aposentados e pensionistas que tiveram descontos indevidos em seus benefícios referentes à contratação do empréstimo consignado. Segundo a resolução publicada no Diário Oficial da União (DOU), o desconto do consignado será suspenso imediatamente se o segurado alegar que não solicitou o financiamento.


A partir da reclamação, o órgão terá 180 dias para apurar o caso. O empréstimo consignado para aposentados e pensionistas é similar aos demais — a pessoa recebe o dinheiro e o financiamento é debitado diretamente da sua aposentadoria.

A mudança passa a valer nesta quarta-feira. Atualmente, os segurados podem comprometer até 35% de sua renda com o consignado.

Entre abril de 2017 e março de 2018, a concessão de financiamentos foi ampliada em cerca de 16 bilhões de reais, de acordo com dados divulgados pelo governo federal em maio.

A decisão do órgão deve beneficiar os mais de 34 milhões de aposentados e pensionistas do Brasil. O processo de investigação sobre a possível fraude na contratação de consignado ainda pode ser prorrogado por mais 180 dias.
Veja.com

19:33
05/09/2018

clickmonteiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário