Mulher aciona a PM após filho de 16 anos ameaçá-la com faca


O adolescente acabou detido e encaminhado para 2ª Delegacia da Criança
 e do Adolescente   (foto: Fernando Lopes/CB/D.A Press)


Uma moradora de Taguatinga precisou chamar a Polícia Militar para que o filho de 16 anos não a ferisse com uma faca. Segundo a corporação, a mulher pediu ajudar pelo telefone 190 depois que o adolecente, durante uma discussão, pegou a arma e passou a xingá-la e ameaçá-la.



O caso de violência doméstica aconteceu por voltas das 19h da quarta-feira (29/8). Também de acordo com a PM, quando militares chegaram à residência o jovem continuava com a faca na mão e insultando a mulher. Ele acabou detido e encaminhado para a 2ª Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), em Taguatinga Norte. A faca utilizada no ato infracional foi apreendida.


Na terça-feira (28/8), um caso parecido aconteceu no Varjão, quando um adolescente de 13 anos agrediu a mãe e a jurou de morte com um revólver. A vítima também chamou a polícia, que deteve o jovem, levado à 1ª DCA (Asa Norte) e autuado pelas infrações análogas aos crimes de posse de arma de fogo e de ameaça.


Agressão em escola

Na quinta-feira da semana passada (23/8), dois jovens, de 14 e 13 anos, discutiram no Centro de Ensino Fundamental 31, na EQNO 17/18, na Expansão do Setor O. O mais velho portava um canivete e usou o objeto para esfaquear o outro adolescente. 

O agressor foi encaminhado à 2ª Delegacia da Criança e do Adolescente, e apreendido por ato infracional análogo ao crime de tentativa de homícidio. A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros, com ferimentos no ombro direito, e encaminhada ao Hospital Regional de Ceilândia (HRC).

Correio Braziliense

20:05
30/08/2018

clickmonteiro.com.br





0 comentários:

Postar um comentário