Buscas por sobreviventes de queda de ponte continuam em Gênova; número de mortos sobe




As buscas por sobreviventes sob escombros da ponte que caiu em Gênova, na Itália, continuam nesta quarta-feira (15). Até o momento, 39 pessoas morreram na tragédia- entre elas, três crianças, de acordo com a prefeitura local. Há ainda 16 feridos, 12 deles em estado grave.


O tempo estável contribui com a operação de resgate, que mobiliza mais de 200 bombeiros.

Ainda não se sabe o que provocou o colapso parcial da ponte Morandi, que atravessa uma área densamente habitada de Gênova, no noroeste do país. Por ela, passa a rodovia A10, que liga cidades no Norte da Itália ao Sul da França. O Ministério Público de Gênova investiga o caso.

O estado de conservação da ponte e sua capacidade para suportar grandes aumentos de intensidade e tráfego ao longo dos anos foram tema de debate público no país.

A operadora da ponte, Autostrade per l'Italia, afirmou que não encontrou sinais de problemas na estrutura antes do desastre. A empresa, que tem a concessão do Estado para fazer a gestão e a manutenção desta estrada, declarou ter realizado vistorias regulares e sofisticados na ponte.

O ministro dos Transportes, Danilo Toninelli, afirmou que a concessionária deve contribuir com os custos da reconstrução da via.

G1 

21:56
15:08/2018

clickmonteiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário