Cantor Eduardo Costa é interrogado em BH suspeito de estelionato


Cantor chegou na companhia do advogado

Ezequiel Fagundes / RecordTV Minas

O cantor sertanejo Eduardo Costa prestou um longo depoimento, nesta quarta-feira (18), na Delegacia de Investigação de Fraudes da Polícia Civil em Belo Horizonte. O artista é suspeito de ter cometido crime em uma transação imobiliária.


De óculos escuros e demonstrando bastante tranquilidade, Costa chegou acompanhado de seu advogado. Ele entrou pela garagem da delegacia e, antes de ser interrogado, fez questão de tirar selfie com uma fã.

Desde 2013, Eduardo Costa responde processo na Justiça Federal de Passos acusado de dano ambiental. Segundo denúncia do Ministério Público Federal, o cantor realizou benfeitorias supostamente irregulares em sua mansão localizada em Capitólio, nas margens da represa de Furnas, no sul de Minas Gerais. O local é de preservação ambiental da União.

Em entrevista, na saída do depoimento, o cantor alegou que vendeu uma casa em Furnas, construída em área de preservação ambiental. Ele afirma que o comprador sabia da pendência e que ele não deu prejuízo para ninguém.

O delegado responsável pelo caso, Vinícius Dias, disse que o cantor está sendo investigado por estelionato. O policial, no entanto, admite não ter elementos para indiciar o artista.
R7.com

19:17
18/07/2018

clickmonteiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário