Sete pessoas dão entrada no Trauma de CG após serem furadas por agulhas no Parque do Povo




Ao menos sete pessoas deram entrada no Hospital de Trauma de Campina Grande nas últimas 48 horas, alegando terem sido furadas por agulhas durante as festividades juninas no Parque do Povo.


De acordo com a infectologista Priscila Sá, os pacientes foram submetidos a procedimento padrão para evitar doenças infecciosas, como Hepatite B e HIV.

A médica explicou que apesar do baixo risco de contágio, é preciso se proteger contra as doenças fazendo uso de medicamentos.

“O Hospital fornece a medicação para as primeiras 48 horas e as pessoas, posteriormente, pegarão, no local indicado, o resto da medicação durante o tempo de fazer a prevenção”, disse Priscila Sá.
Paraíba.com.br

18:06
11/06/2018

clickmonteiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário