Sindicato denuncia 'desvio' de combustível na PB e orienta população a estocar alimentos




O presidente do Sindicato dos Veículos de Carga da Paraíba, Emerson Galdino, chamou a atenção na noite desta quarta-feira (23) sobre um suposto desvio de combustível que está sendo liberado do Porto de Cabedelo para abastecer viaturas policiais, ambulâncias e geradores de hospitais. De acordo com ele, o produto está sendo usado para abastecer postos embandeirados. Ele ainda orientou a população a estocar mantimentos, já que a distribuição de mercadorias está suspensa.


Ele explicou que já solicitou fiscalização para evitar que as distribuidoras, que deixam o Porto de Cabedelo com combustível, desviem as entregas.

“Fazemos esse alerta para que a população não venha a ser prejudicada. A população deve aderir porque esse protesto não é só dos caminhoneiros, mas de toda a população que paga a conta da corrupção e chegou a hora do povo acordar e ir para a luta”, disse.

Emerson Galdino previu também que a partir de amanhã, os postos deverão ter seus estoques ‘zerados’ na Paraíba e orientou a população a armazenar alimentos.

“Quem puder, abasteça os seus armários. O momento é de a sociedade ir para as ruas, bater panelas ou seja lá o que for. O governo não vai aguentar a pressão e conclamamos outras categorias a aderir ao movimento”, falou ao ressaltar que a situação tende a se agravar nas próximas horas.

O sindicalista disse ainda que o término das mobilizações depende do governo federal.

Paraíba.com.br

19:28
23/05/2018

clickmonteiro.com. br

0 comentários:

Postar um comentário