Correios podem fechar mais de 500 agências e demitir funcionários


De acordo com a coluna, algumas agências que fazem parte da lista têm
faturamento significativo. (Foto: Reprodução)

Os Correios devem fechar 513 agências e demitir os 5.300 funcionários que trabalham nelas. Embora sigilosa, a decisão foi tomada em fevereiro e deve atingir agências de diferentes partes do país. As informações são da Coluna do Estadão, do jornal O Estado de S. Paulo, deste sábado.


De acordo com a coluna, algumas agências que fazem parte da lista têm faturamento significativo. Em Minas Gerais, por exemplo, pelos menos 14 agências rentáveis vão deixar de operar.

Já em São Paulo cerca de 170 agências serão fechadas, 90 delas instaladas na capital e as demais no interior do estado, segundo informações do jornal.

À coluna, Guilherme Campos, ex-presidente dos Correios, afirmou que as agências que deixarão de operar ficam muito próximas das agências operadas por agentes privados.

Campos ainda disse ao jornal que o número de demissões pode ser ainda maior e que depende da capacidade financeira de indenizar os trabalhadores.
ClickPb

18:10
05/0/2018

clickmonteiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário