Motorista da ambulância envolvida em acidente que matou grávida é indiciado por homicídio culposo


Acidente aconteceu no final de março e envolveu adolescente grávida
 (Foto: Arquivo)
O condutor de ambulâncias de Bayeux Jone Anderson foi indiciado por homicídio culposo no trânsito por conta do acidente que vitimou fatalmente a jovem Danielle Juvino no final de março.


Ele foi ouvido pelo delegado Alberto Jorge na manhã desta quinta-feira (5) que resolveu por responsabilizá-lo pelo acidente.

"Ele estava em alta velocidade e acabou passando o sinal de forma irresponsável, causando o acidente que matou a jovem e o feto", revelou.

O fato de Jone Anderson estar dirigindo uma ambulância não lhe dá o direito de ultrapassar os sinais de trânsito. "A ambulância em atendimento tem preferência, mas não tem o direito de ultrapassar semáforos nem nada. Ele estava tentando agilizar o atendimento, mas acabou colocando as duas em risco", explicou o delegado.

Jone Anderson responderá ao processo em liberdade.
ClickPb

19:21
05/04/2018

clickmonteiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário