Pai é morto na frente do filho por ter apenas R$ 150 na carteira



Edilson Gomes da Costa, 52, era comerciante na cidade de Aroeiras, no Agreste da Paraíba. Todos os sábados ele pegava a moto e seguia para a feira central de Campina Grande para negociar mercadorias. No bolso, ele levava R$ 150, e, desta vez, o filho dele seguia na moto também.


No caminho, no entanto, Edilson encontrou a morte quando foi surpreendido por ladrões.

Os bandidos pediram que ele esvaziasse os bolsos. Ele puxou os R$ 150 que eram tudo o que ele tinha. De acordo com a Polícia Militar, para aqueles bandidos os R$ 150 não eram suficientes.

Os bandidos, então, sacaram as armas e dispararam contra o comerciante, que caiu fulminado, morto, no chão.

O filho conseguiu fugiu para tentar se proteger. Voltou com a polícia, mas só encontrou o pai caído, morto no local.

A polícia ainda procura os responsáveis pelo crime.
ClickPb

20:37
24/03/2018

clickmonteiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário