Coreia do Norte promete parar testes se houver diálogo com EUA


O líder norte-coreano Kim Jong-Un cumprimenta membro da delegação
sul-coreana, após reunião em Pyongyang - 06/03/2018  (KCNA/Reuters)

A Coreia do Norte concordou em interromper seus testes de armas nucleares e mísseis se houver conversações com os Estados Unidos, informou a Coreia do Sul. Durante conversações entre a delegação sul-coreana e o líder Kim Jong-un, também ficou definida a criação de uma linha direta entre os dois países.


O chefe do escritório presidencial sul-coreano de Segurança Nacional, Chung Eui-yong, afirmou nesta terça-feira que a Coreia do Norte disse que está pronta para conversar “de coração aberto” com os Estados Unidos em questões relacionadas a uma possível desnuclearização do Norte e à normalização das relações entre Pyongyang e Washington.

Ele informou que a Coreia do Norte também deixou claro que não precisaria manter suas armas nucleares se as ameaças militares contra o país fossem resolvidas e se recebesse garantias de segurança.

Chung também informou que o Norte prometeu não usar armas convencionais ou nucleares contra a Coreia do Sul. Os comentários foram feitos depois que os funcionários sul-coreanos voltaram de uma visita ao Norte, onde se encontraram com o líder norte-coreano Kim Jong-un.
Veja.com


11:02
06/03/2018

clickmonteiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário