Avião com 500 kg de cocaína é interceptado pela FAB em Mato Grosso



Aeronave bimotor com 500 kg de cocaína é interceptada - Divulgação/FAB
Um avião bimotor com cerca de 500 kg de cocaína por interceptado por um caça Super Tucano da Força Aérea Brasileira (FAB) nesta terça-feira, na Região de Nova Fernandópolis, em Mato Grosso. A aeronave saiu da Bolívia e não tinha um plano de voo.


Segundo a FAB, o piloto de defesa aérea seguiu o protocolo das medidas de policiamento do espaço aéreo. A aeronave da FAB não teve resposta do bimotor. Na sequência, o piloto de defesa aérea ordenou a mudança de rota e o pouso obrigatório no aeródromo de Cuiabá (MT), porém o piloto do avião interceptado não obedeceu.

Quando a defesa aérea estava prestes a comandar o tiro de aviso, o avião interceptado realizou pouso forçado na área rural de Nova Fernandópolis. Um helicóptero da Polícia Militar do Mato Grosso foi acionado e transportou a equipe da Polícia Federal para fazer a abordagem da aeronave no solo.


Avião interceptado pela FAB em Mato Grosso - Divulgação/FAB
A aeronave está registrada no nome de Lucas Maikon Gusmão de Lima, de 28 anos. O bimotor foi fabricado em 1976, e o certificado de aeronavegabilidade, necessário para a operação da aeronave, venceria no dia 28 deste mês.



"O objetivo do policiamento do espaço aéreo foi cumprido. Reforçamos a importância da apresentação de plano de voo para quem voa em nosso território", disse o Comandante de Operações Aeroespaciais da FAB, Tenente-Brigadeiro Carlos Vuyk de Aquino.



Droga apreendida na aeronave interceptada - Divulgação/FAB

A ação faz parte da Operação Ostium para coibir ilícitos transfronteiriços, na qual atuam em conjunto a Força Aérea Brasileira, a Polícia Federal e órgãos de segurança pública. Três aeronaves de defesa aérea A-29 Super Tucano da FAB e um avião radar E-99 foram empregadas para monitorar e interceptar o avião bimotor.
oglobo.globo

16:54
07/03/2018

clickmonteiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário