Treinador de futebol é preso com documentos falsos em Campina Grande


A prisão foi feita na residência do suspeito após trabalho investigativo
dos policiais da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Infância e Juventude
(Foto: Walla Santos)

O treinador de futebol Sandro Vieira da Silva, de 43 anos, foi preso em flagrante pela prática dos crimes de uso de documento falso, falsidade ideológica e uso indevido de símbolos identificadores de órgãos públicos.


A prisão foi feita na manhã desta quinta-feira (22) na residência do suspeito após trabalho investigativo dos policiais da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Infância e Juventude (DRCCIJ) de Campina Grande.

De acordo com as investigações, Sandro se apresentava como treinador de futebol e chegou a criar uma empresa com o nome “Grupo Sandro Silva”, utilizando um CNPJ falso. Desde 2009, ele também fazia uso de identidade falsa em nome de Sandro Brasil Vieira. Nessa época, ele chegou a ser preso pela prática de crime de estupro de vulnerável contra quatro menores. No ano de 2015, Sandro passou a cumprir a pena no regime semiaberto, se recolhendo à noite no Presídio do Monte Santo, em Campina Grande.

Quando saía do Presídio, Sandro trabalhava durante o dia na mesma atividade de treinador de futebol. Agora em 2018, a Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Infância e Juventude recebeu uma denúncia de que ele estaria praticando abuso sexual contra adolescentes, da mesma forma como tinha acontecido no ano de 2009. Os policiais ouviram a vítima, investigaram as informações e passaram a monitorar o suspeito que, segundo as pessoas que procuraram a Delegacia, atraía os adolescentes com a promessa de que eles iam se tornar jogadores profissionais de futebol.

Sandro Vieira da Silva foi ouvido pela delegada Alba Abrantes e depois encaminhado para a carceragem da Central de Polícia, no bairro do Catolé, em Campina, para aguardar pela audiência de custódia. Como Sandro já cumpria pena no regime semiaberto, a prisão em flagrante pode fazer com que ele perca o beneficio e cumpra o restante da pena no regime fechado. 
ClickPb

19:15
22/02/2018

clickmonteiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário