Jovem mata a mãe a tesouradas dentro de casa e padrasto escapa por pouco


Eduardo foi preso em flagrante por matar a mãe. (Foto: Tiago Silva)
Um jovem de 21 anos matou a mãe a tesouradas dentro de casa na tarde de ontem,quinta -feira 8) no bairro Santiago, em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba. Eduardo Henrique dos Santos Lima ainda tentou assassinar o padrasto de 62 anos a facadas, mas foi preso em flagrante depois que a vizinha chamou a polícia.


O crime aconteceu por volta das 18h no condomínio fechado onde a família morava. Nair dos Santos Oliveira, 49 anos, foi encontrada por agentes do Batalhão de Polícia de Guarda em cima da cama com vários ferimentos no pescoço. Ela morreu pouco antes da chegada do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate).

Vizinhos ligaram para a polícia depois de ouvirem vários gritos e perceberem a violência da briga. Uma moradora teria entrado na residência e se deparado com o acusado transtornando, que segundo ela, pediu que ela se retirasse do local.

A Polícia Científica acredita que houve briga corporal entre mãe e filho antes do assassinato, já que o cômodo estava todo revirado.

O acusado está preso na Delegacia de Piraquara e irá responder pelo crime de homicídio.

Fora de controle

Os policiais invadiram a casa e encontraram Diego com uma faca na mão, gritando enquanto destruía a porta do banheiro. Conforme as testemunhas, ele estava quase conseguindo entrar no cômodo - já havia feito um buraco - para matar seu padrasto que se escondia lá dentro.

Gargalhando, o acusado estava incontrolável e fora de si. Os policiais precisaram usar armas não letais para contê-lo: pelos menos três tiros de armas de choque foram disparados.  

O homem, identificado apenas como Paulo, contou que se trancou no banheiro para se proteger dos ataques do enteado. Depois de ser salvo, foi ele quem avisou aos policiais sobre a esposa estar ferida no quarto.

Usuário de drogas

De acordo com o padrasto de Diego, o jovem é usuário de drogas há anos e já possui várias passagens pela polícia. O homem também contou sobre uma ocasião na qual Diego gastou R$ 50 mil reais - de uma poupança da mãe - em drogas.

Seita demoníaca

Em um primeiro momento, vizinhos chegaram a comentar que o jovem faria parte de uma seita demoníaca que exigia o sacrifício dos pais para ser aceito. Eduardo negou essa informação na delegacia.

Assista ao vídeo:

pr.ricmais.com.br

19:07
09/02/2018

clickmonteiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário