MPPB instaura processo para investigar armas da Polícia Militar




O Ministério Público da Paraíba instaurou, nesta sexta-feira (17), um processo para averiguar a ‘eficiência’ das armas fabricadas pela empresa Taurus, após uma reportagem exibida na Rede Globo mostrar falhas no produto.


Em contato com o Portal MaisPB, o promotor de Justiça Túlio Cesar, responsável pela ação, informou que o intuito é saber a situação do armamento que foi adquirido pelo Governo do Estado para a Polícia Militar, já que é fabricado pela Taurus.

“Já notificamos a Secretaria de Segurança Pública do Estado para saber o quantitativo de armas. Vamos saber da própria empresa quantas armas foram destinadas a Polícia paraibana nos últimos 15 anos e também da Academia de Polícia e ao Centro de Ensino, para averiguar se já foi registrado algum erro devido as possíveis falhas”, declarou.

Caso seja comprovado a falha nas armas, o Ministério Público irá fazer um Termo de Ajuste de Conduta para o recolhimento do produto.

Por:Wallison Bezerra – MaisPB

21:29
17/11/2017

clickmonteiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário