Congresso se articula para aprovar projeto de Cássio mirando a Lava-Jato, diz O Globo

 
De acordo com o Jornal O Globo, entre essas articulações os parlamentares
querem estabelecer regras restritivas às investigações sobre advogados (
Foto: Walla Santos)
Um grupo de parlamentares se articula para aprovar projetos que podem inviabilizar a Lava-Jato e outras investigações sobre corrupção. De acordo com o Jornal O Globo, entre essas articulações os parlamentares querem estabelecer regras restritivas às investigações sobre advogados a partir de um projeto do senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB).
A última movimentação desse grupo de parlamentares ocorreu no dia 26, diz o jornal. O Projeto que trata do abuso de autoridade, até então parado na Câmara e que já foi aprovado no Senado, será levado a uma comissão especial, criada pelo presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM), na última quinta-feira, um dia após a derrubada da segunda denúncia contra Michel Temer. A matéria impõe restrições à condução coercitiva de testemunha ou investigado quando "manifestamente descabida ou sem prévia intimação de comparecimento do juízo".

Segundo reportagem de O Globo, deputados estão se articulando para aprovar regras restritivas às investigações sobre advogados a partir de um projeto do senador Cássio Cunha Lima, já aprovado pelo Senado, que blindaria advogados suspeitos da prática de crimes.

O projeto prevê ainda que, em casos de condução coercitiva e prisão arbitrária, o juiz pode perder o cargo e ficar proibido de retornar ao serviço público por até três anos. 

Já o deputado Waldih Damous (PT-RJ), apresentou um projeto que proíbe a delação de réus presos e a divulgação de depoimentos colhidos no âmbito da colaboração premiada. A delação com réu preso não teria qualquer validade jurídica. 
Fonte:ClickPb11:1330/10/2017
clickmonteiro.com.br

0 comentários:

Postar um comentário